15/06/2022

Período menstrual: Como cuidar da saúde íntima | DYÔ

CUIDANDO DA SAÚDE ÍNTIMA DURANTE O PERÍODO MENSTRUAL

Segundo um levantamento conduzido pela empresa Sophia Mind a pedido da marca Buscofem (remédio para alívio de cólicas e outras dores menstruais) cerca de 822 brasileiras foram entrevistadas e 92% delas relataram sentir dores decorrentes da cólica menstrual. 

Para 43%, esse incômodo é intenso, enquanto 20% o definiram como insuportável. 

Provavelmente, você faz parte dessa estatística, mas será que você sabe como aliviar os sintomas e como cuidar da sua saúde íntima durante o período menstrual? Acompanhe o artigo da DYÔ e descubra.

 

O QUE ACONTECE COM O CORPO DURANTE O PERÍODO MENSTRUAL?

A menstruação é uma das etapas que compõem o ciclo reprodutivo da mulher, sendo a etapa final do ciclo de reprodução. Basicamente, é quando o corpo se prepara para “receber” e abrigar o embrião - óvulo já fecundado durante as relações sexuais. 

Mas quando essa fecundação não acontece, o tecido formado no útero e endométrio é descartado pelo organismo e nomeado de menstruação.

O ciclo menstrual é dividido em algumas fases, a primeira delas é conhecida como fase folicular, e dura cerca de uma ou duas semanas. Nesse período, um óvulo cresce e amadurece dentro de um ovário, produzindo o estrogênio - hormônio que favorece o desenvolvimento da camada que reveste o útero (o endométrio) e se desenvolve para receber um óvulo fecundado. 

Simultaneamente um outro hormônio, conhecido como hormônio folículo-estimulante (FSH), também estimula o crescimento dos folículos dos ovários. Gerando assim, um óvulo pronto para ser fertilizado todo mês.

A segunda fase é a ovulatória, ela entra em cena por conta do aumento dos níveis de estrogênio que por sua vez, estimulam um terceiro hormônio - o hormônio luteinizante. É ele que faz o folículo se romper para liberar um óvulo. Então, a ovulação acontece quando um dos ovários libera um óvulo maduro. Ele sai do ovário em direção à trompa de falópio mais próxima e vai para o útero.

O processo todo demora cerca de três a quatro dias até o óvulo chegar ao útero e lá, ele espera cerca de 24 horas para ser fertilizado antes de começar a se desfazer.

Por fim, após a ovulação, a fase lútea se inicia. Isso acontece quando o folículo vazio se transforma em um corpo lúteo. As células do corpo lúteo produzem estrogênio e grandes quantidades de progesterona que estimulam a camada interna do útero para se preparar para o óvulo fecundado. 

É nessa etapa que você pode engravidar (o óvulo irá para o útero e se prenderá à camada interna) ou a camada interna do útero será expelida pelo canal vaginal e sua menstruação começa como um novo ciclo menstrual.

Todo esse processo pode causar sintomas como cólicas, surgimento de acne, inchaço, alterações de humor, dores de cabeça e nas costas e indisposição.

 

COMO ALIVIAR OS SINTOMAS DURANTE O PERÍODO MENSTRUAL NATURALMENTE?

Para aliviar esses incômodos separamos algumas dicas que podem ser úteis para garantir mais conforto durante o período menstrual:

 

Hidrate-se

A hidratação é bem vinda em qualquer momento e no período menstrual, não seria diferente. Ingerir bastante água durante o ciclo menstrual e TPM, ajuda o organismo a inibir o hormônio antidiurético (ACTH), já que estimula a diurese e eliminação de líquidos retidos, o que alivia sintomas como a sensibilidade nos seios e inchaço. 

Aqueça ou esfrie a região

O calor e frio na região dolorida, principalmente no “pé da barriga” ajuda a aliviar as dores. A compressa com água quente relaxa a musculatura  da região e reduz as contrações uterinas tornando a dor menos intensa.

Já a compressa fria, é capaz de retardar a resposta da dor, deixando os impulsos nervosos mais lentos e, assim, diminuindo as cólicas.

Evite doces em excesso

Eu sei! Nessa fase tudo o que o nosso corpo pede é um docinho, mas saiba que açúcar em excesso pode acabar piorando os sintomas durante a menstruação.

Devido a queda de magnésio, cálcio, ferro e serotonina durante esse período, é comum que o desejo por doces aumente durante a fase menstrual. Mas segundo especialistas, ingerir gorduras em excesso aumenta a produção da prostaglandina (substância responsável por provocar contrações) o que consequentemente, provoca um aumento na intensidade das cólicas menstruais.

 

COMO CUIDAR DA REGIÃO ÍNTIMA DURANTE ESSE PROCESSO?

Outra queixa comum nessa fase é o desconforto íntimo durante a menstruação e para driblar isso…

 

Evite roupas justas

Usar roupas muito apertadas ajuda a tensionar ainda mais a região sensibilizada, além de ser um prato cheio para o desconforto e dificuldade na hora de se higienizar. Aliás, o uso de roupas justas abafam ainda mais a região íntima que, provavelmente, já vai estar fechada e sem respiro por conta dos absorventes descartáveis.

Dê adeus aos absorventes descartáveis

Falando neles, se você tem a opção de deixá-los de lado, essa é uma boa dica. 

Os absorventes descartáveis são um dos principais motivos de alergias e odores fortes durante o período menstrual - vale lembrar que a menstruação não possui odor. O cheiro desagradável, muitas vezes, acontece pelo contato do sangue com o ar, já que ele fica exposto e em contato com a vulva por mais tempo do que coletores menstruais, por exemplo.

Higienize a região adequadamente

Para cuidar com carinho da sua região íntima aposte em produtos de qualidade e que vão além da higienização, mas que também protejam a área durante esse período.

Por isso, o sabonete íntimo da DYÔ foi pensado especialmente para garantir seu conforto e higiene. Nele você encontra:

- Extrato natural de chá-verde: auxilia na defesa contra microrganismos indesejáveis. 

- Ácido láctico e pH fisiológico: ideal para a higiene íntima, pois protege a flora bacteriana de maneira suave e natural. 

- Óleo de alecrim e mentha arvensis: conferem uma sensação refrescante.

- Extrato natural de aloe vera: hidrata e suaviza a região.

- Conservante natural de prata coloidal: auxilia e previne odores indesejáveis.

 

CTA: Conforto e segurança durante todo o ciclo!


O período menstrual é uma fase sensível para muitas mulheres. Seja por conta das alterações hormonais que provocam sintomas físicos ou até mesmo as oscilações emocionais que incluem sensibilidade, irritação e ansiedade.

Cuidar da saúde em qualquer etapa do ciclo é importante, mas especialmente durante a fase menstrual é um ato crucial para mais alívio e conforto.

Neste artigo a DYÔ compartilhou algumas dicas de ouro que podem te ajudar a cuidar melhor da saúde íntima durante o período menstrual.

Esse artigo foi útil para você? Envie-o para sua amiga DYÔ que também precisa saber disso!