10/02/2022

O prazer como um ato revolucionário...

O PRAZER COMO UM ATO REVOLUCIONÁRIO

O termo prazer vem, na maioria das vezes, ligado ao sexo em si. Mas é muito mais do que isso. Já parou para pensar? Vamos ao dicionário: “substantivo masculino - sensação ou emoção agradável, ligada à satisfação de uma vontade, uma necessidade, do exercício harmonioso das atividades vitais etc., alegria, contentamento, júbilo, satisfação.” Pois, bem...usá-lo em sua plenitude é se libertar de tabus, crenças e preconceitos sociais.  E vou explicar por que só temos a ganhar ao colocá-lo na nossa rotina:

• Ajuda na cura: Poucos falam sobre o fato de que o prazer é uma poderosa força de cura. Movimentos alegres, risos, descanso e abraços – quatro itens profundamente agradáveis e prazerosos - são formas baseadas na ciência para se quebrar o ciclo de estresse.

É um direito humano: Todo mundo merece. O prazer não é algo que deve ser reservado apenas quando se termina um trabalho ou quando se chega ao orgasmo, mas sim uma parte essencial de uma vida plena. É o direito de sorrir, rir e amar.

• Sentir tudo isso é revolucionário: Significa encontrar liberdade em vez da vergonha. Experimentá-lo é curar ou abandonar julgamentos e outras formas de opressão.  Você se liberta!

Vamos experimentar vive-lo no dia a dia? Qual a forma de prazer que você mais utiliza?

 

 

TEXTO: LUCIANE ANGELO