08/05/2023

Quem tem medo da disfunção erétil?

Os dados não mentem. Segundo estimativas, até 2025, 322 milhões de homens no mundo devem ser afetados por esse problema. Além disso, pesquisa realizada pelo Datafolha, em 2020, mostrou que 38% dos entrevistados entre 18 e 70 anos tiveram algum tipo de disfunção nos 2 anos anteriores.

Sendo assim, e diante dessas informações, de uma coisa podemos ter certeza: pode acontecer com qualquer pessoa. Por mais que possa parecer um ‘pesadelo’ para alguns homens, precisamos deixar uma coisa clara: disfunção erétil é diferente de impotência.

Ok, então o que é disfunção erétil?

Explicando de forma simples, disfunção erétil é a incapacidade de iniciar ou manter uma ereção permanente por tempo suficiente para que se tenha uma relação sexual satisfatória. Sendo assim, uma falha ocasional não significa a existência da doença.

Na verdade, segundo especialistas, 70% dos casos são causados por problemas emocionais, o que significa que apenas uma pequena parte dos homens possui uma causa física para a disfunção.

Voltando às causas emocionais, sentimentos de ansiedade e preocupação são alguns dos principais motivos da disfunção, bloqueando não somente a ereção, mas também a conexão com o par no momento da relação sexual.

Sendo assim, o que fazer caso aconteça?

Antes de qualquer coisa, precisamos entender que prazer não precisa ter relação apenas com penetração. Quando você amplia seus conceitos sobre sexo a sexualidade, fica mais fácil entender que uma relação sexual prazerosa vai muito além de um pênis ereto e que existem diversos outros estímulos que podem satisfazer você e seu par.

Além disso, esse é um tema que não deve ser tratado como tabu pelo casal. Então, conversem de forma afetiva e carinhosa, tentem compreender juntos o que está causando a DE - se é um problema emocional ou físico - e busquem juntos por ajuda se for o caso.

Fora isso, mantenha uma rotina de vida mais saudável, pratique atividades físicas, alimente-se de forma adequada e consulte um médico regularmente para prevenir e tratar problemas do organismo.

Por fim, saiba que existe tratamento para disfunção erétil!

Mas, lembre-se: uma falha pontual é comum e todo homem está sujeito a isso. Contudo, se for algo frequente, busque ajuda médica, ok?

E aqui vai mais uma dica para melhorar seu desempenho: Gel Masculino de Alta Performance com Extratos Naturais, pensado para homens que sabem que podem mais!