17/03/2023

Já ouviu falar em Burnout Afetivo? | DYÔ

Muito comum no mercado corporativo, a Síndrome de Burnout se caracteriza por um distúrbio emocional que tem como principal sintoma a exaustão. É isso mesmo! Exaustão, além de estresse e esgotamento físico. 

Entre as principais causas desse distúrbio, no mercado de trabalho, estão as rotinas desgastantes e prolongadas, cenário de alta competitividade, autocobrança excessiva, entre outras.

OK, agora que falamos sobre as características desse distúrbio, me responda com sinceridade: você já ouviu falar em Burnout Afetivo? Se sua resposta foi não, saiba que essa síndrome pode afetar (e muito!) relacionamento afetivos, fazendo as pessoas se sentirem literalmente cansadas de manter laços afetivos com outras pessoas.

 

Explicando o Burnout Afetivo

 

Potencializado pelo uso das redes sociais e apps de namoro, o burnout afetivo é uma fadiga emocional intensa (com sinais físicos, como cansaço, dor de cabeça, baixa imunidade, entre outros) causada por uma frustração com os relacionamentos.

Mas, afinal, o que essa fadiga tem a ver com as redes sociais? Calma, nós vamos explicar.

A busca desenfreada por um grande amor em apps e redes sociais tem tornado os relacionamentos cada vez mais superficiais e menos duráveis. Essa falta de conexão e aprofundamento traz frustrações e faz a pessoa questionar sua capacidade de se relacionar com alguém.

Alguns sinais de que você pode estar sofrendo de burnout afetivo são:

- Tem baixo interesse em se relacionar com outras pessoas;

É indiferente com atividades que antes te davam prazer;

- Você revive experiências ruins de forma rotineira;

- Vive se questionando sobre sua capacidade de sustentar uma relação de longo prazo;

- Tem medo de ser rejeitado ou sente-se incapaz de “encontrar alguém”.

 

Se você se identificou e quer mudar esse cenário, saiba que o primeiro passo é buscar ajuda profissional.

Isso mesmo! Converse com um especialista, fale sobre si, sobre o que está acontecendo e compreenda seus sentimentos. Dessa forma, você será capaz de encontrar estratégias que te ajudem a lidar com os relacionamentos sem que isso cause sofrimento e exaustão.